|
Decoração natalina é destaque da Linha 10-Turquesa
22/11/2019
Estações Santo André e Mauá já entraram em clima de final de ano

Árvores de Natal, enfeites personalizados e cortinas cheias de recadinhos especiais. A Estação Santo André, na Linha 10-Turquesa, não esperou o mês de dezembro chegar para entrar no clima natalino. E, neste ano, a estação recebeu uma ajuda especial: além da contribuição dos funcionários, diversas crianças com necessidades especiais também participaram da confecção dos enfeites.

A ideia para promover a inclusão partiu da Supervisora Geral de Estações, Erika Daniela Alves Ferreira. Ela conta que, de início, era um projeto simples e que pretendia envolver alguns pequenos, que geralmente embarcavam e desembarcavam ali, além de filhos de funcionários. “A gente montou kits para as crianças personalizarem e eu tive a ideia de levar alguns para a escolinha do meu filho, que tem crianças especiais. Aí, a diretora achou a ideia muito legal e quis envolver outros dois colégios, com crianças que também possuem necessidades especiais”, conta.

Cerca de 160 crianças participaram da decoração, produzindo adereços para a árvore de Natal e também para a cortina de mensagens que enfeita o espaço onde passageiros embarcam no Expresso Turístico. “Tivemos a participação de crianças desde o berçário até o Ensino Fundamental. O objetivo era que cada uma levasse o kit para criar um adereço com a família”.

Os enfeites foram produzidos com papel. Para arrecadar os materiais, Erika teve apoio de outras áreas da CPTM. A montagem da decoração foi feita com a ajuda da equipe da própria Estação Santo André.

“Foi uma ação em conjunto e o objetivo era unir as pessoas, para que todos interagissem”, observa Erika, que se orgulha do alcance que a iniciativa teve. “São ideias que vão se materializando. Era uma decoração simples e quando tomou toda essa proporção foi uma surpresa. Fiquei muito feliz, pois vivo essa inclusão, meu filho é autista”.

O projeto também recebeu um nome especial: “Árvore da Amizade – Nossas Diferenças nos Completam”. Para Erika, a integração é essencial e são atitudes como essas que fazem as crianças se sentirem especiais. O objetivo, ao montar a árvore e a cortina, era fazer com que cada delas pudessem ver sua arte exposta.

O espaço, que foi inaugurado em meados de novembro, era aguardado com muita expectativa tanto pelos pais quanto pelas crianças. Erika revela que também pretende organizar um ambiente com mesinhas e materiais para que a garotada que passar pela estação tenha a oportunidade de confeccionar o próprio enfeite.

 Já na Estação Mauá os preparativos começaram em agosto, quando os colaboradores tiveram a ideia de juntar a sobra de impressão dos bilhetes. Em outubro, eles iniciaram a confecção dos enfeites. Com o papel, foram feitos floquinhos de neve que deram vida à árvore de Natal, que ganhou ainda bolinhas personalizadas com a imagem de trens.

A ideia partiu da Agente Operacional Nádia Oliver Sakamoto, que organizou todo o processo. A equipe da estação também ajudou na montagem da decoração, que foi inaugurada no início deste mês. Nádia conta que depois dos enfeites finalizados, já recebeu diversos elogios dos passageiros, que se surpreendem com os materiais utilizados.

“Eles acham legal o fato de termos usados o canhoto dos bilhetes, porque é uma ação sustentável. Muitos ficaram curiosos, porque ficou tão bonitinho que nem parece que é reciclável”, relata. “É uma sensação muito boa, porque você sente orgulho de trabalhar aqui, nessa empresa, e ver o passageiro se aproximando da gente.”