Detalhe da notícia
|
Estações Mogi e Estudantes recebem campanha pelo fim da violência contra as mulheres
05/12/2017

O Dia Nacional de Mobilização dos Homens Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres terá ação de sensibilização nas estações Mogi das Cruzes e Estudantes, na linha 11-Coral, nesta terça-feira (5/12). Das 17h às 19h, os usuários que passarem por uma das estações receberão laços brancos, símbolo da campanha, além de panfletos alusivos à data.

A ação, que antecede o dia oficial celebrado em 6/12, é realizada pelo Lions Clube de Mogi das Cruzes, em parceria com a CPTM. O objetivo é atrair os usuários do sexo masculino para se engajarem no movimento pelo fim da violência contra as mulheres.

A data remete a um evento ocorrido em 1989, em Montreal, no Canadá, quando Marc Lepine, de 25 anos, invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica. Ele ordenou que os homens se retirassem e começou a atirar, assassinando 14 mulheres. Em seguida, o rapaz suicidou-se. Marc deixou uma carta justificando o ato: não suportava a ideia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente dirigido ao público masculino.

O crime abalou e mobilizou a opinião pública de todo o país. Assim, um grupo de canadenses decidiu se organizar e elegeu o laço branco como símbolo do movimento, que tem o lema de jamais cometer um ato violento contra as mulheres e não fechar os olhos frente a essa violência.

Nas duas últimas décadas, a campanha do Laço Branco (White Ribbon Campaign) foi implementada em diferentes países. No Brasil, a data oficial foi instituída pela Lei nº 11.489/2007.