Detalhe da notícia
|
Secretaria dos Transportes Metropolitanos abre consulta pública sobre edital de concessão da linha 15-Prata
25/10/2017
Arquivos estão disponíveis neste site até 24 de novembro, data-limite para envio de sugestões

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) publicou nesta quarta-feira, 25 de outubro, no Diário Oficial do Estado o aviso de consulta pública sobre a minuta do edital de concessão para operação e manutenção da linha 15-Prata da rede metroviária de São Paulo, com tecnologia de monotrilho.

A minuta do edital e seus anexos, com todas as informações técnicas, estarão disponíveis gratuitamente em consulta pública por meio do site www.stm.sp.gov.br, no link Linha 15, ou diretamente na página https://dataroom.metrosp.com.br, até 24 de novembro, data-limite em que os interessados poderão fazer contribuições quanto aos termos do edital e seus anexos.

As sugestões poderão ser enviadas para o endereço eletrônico concessaolinha15@sp.gov.br ou protocoladas no Centro de Suporte Logístico (CSL) da STM, situado à rua Boa Vista 175, bloco A, 13° andar, de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 9h às 12h e das 13h30 às 17h. As propostas deverão ser disponibilizadas em mídia editável, devendo, para tanto, ser utilizado o modelo constante do anexo XXXVI.

O leilão será realizado na sede da B3 (antiga BM&FBovespa) em data a ser divulgada oportunamente após a formulação final do edital de concessão. O critério de julgamento será o de maior valor oferecido pela outorga fixa da concessão.

A audiência pública sobre o processo de concessão dessa linha foi realizada em 6 de setembro no Instituto de Engenharia de São Paulo. O primeiro trecho da linha 15-Prata, com 2,3 km entre as estações Vila Prudente e Oratório, funciona desde agosto de 2014. Agora as obras estão concentradas no trecho de Oratório a São Mateus, nas quais trabalham 2.000 pessoas.

As colunas e vigas que compõem a via permanente por onde passarão os trens do monotrilho já estão implantadas até a região da estação São Mateus. Serão mais 13 quilômetros de vias elevadas, 27 novos trens e oito estações com previsão de entrega no primeiro semestre de 2018: São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói, Vila União, Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus. A estimativa é que a linha transporte 405 mil passageiros por dia de Vila Prudente até a estação Iguatemi, a última do trecho, prevista para 2021.